5 razões para contratar um/a copywriter

11 meses atrás 220

Por Sandra Caravana, copywriter

Estou a escrever este texto para mostrar a todos os leitores da revista online Marketeer por que devem contratar um copywriter nas suas empresas, ou mesmo em género de freelancer, se bem que isto é fácil de responder, por que nem todos sabemos escrever com persuasão, que é como quem diz, para convencer alguém, e todos sabemos que quem tem negócios precisa sempre de vender alguma coisa, seja produtos ou serviços.

Que tal esta frase? Soa-lhe bem? Não há erros ortográficos e eu sei que recebeu a mensagem. Mas será uma frase para colar no seu site ou na conversa da família no WhatsApp?

Há escrever e escrever. Aprendemos a escrever aos 6 anos e nunca mais paramos (bem, a minha mais velha tem 4 anos e já sabe escrever algumas palavras… falaremos sobre a pressão do currículo noutra altura). Mas escrever para as redes sociais de um negócio ou para o site da sua empresa não é o mesmo escrever que o e-mail para a professora a avisar que a menina está com otite (again!) e que vai passar dois dias na casa da avó. Eu explico porquê. E vou explicar por enumeração, que está mais do que provado que na web não lemos textos extensos e sem pausas, como este está a ser.

Voz da marca. É muito mais do que tratar o/a cliente por tu ou por você. É perceber a diferença entre público-alvo e persona. É adaptar a voz da marca a situações adversas, como uma página de erro ou produto temporariamente esgotado, sem previsão de chegada. Produtividade. Quer fazer crescer o seu negócio, vender, tratar da logística e aprovisionamento de stock ou quer passar o dia a fazer publicações no Instagram? História. Já ninguém quer saber do ‘saiba como perder 10kg em 3 dias sem comprimidos’. Ouvimos histórias desde que nascemos. Lembra-se da primeira vez que ouviu a história da Capuchinho Vermelho? Aposto que não, mas conhece bem a história. É o poder do storytelling. Imparcialidade. A melhor estratégia de marketing continua a ser o word of mouth (em português, boca-a-boca, mas não é tão catchy, né?) Ter um Instagram activo faz tanto sucesso como a vizinha do primeiro andar que está sempre à janela. Clareza. Releia a frase lá de cima. Está clara?

Sim, a imagem acima serve simplesmente para o seu cérebro pensar que este texto é tão dinâmico como um documentário na Netflix: faz pausa nas palavras para processar melhor a conclusão do texto. Porque na web não se escreve em Time New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5, justificado.

Dizem as más línguas (não que sejam más, mas são línguas que não estão habituadas a ler muito) que Saramago não usava pontuação. Saramago tinha o seu próprio código de linguagem. Muito à frente, porque quem escreve sabe muitos códigos: sabe que a comunicação pode mudar o mundo. E vender muitas coisas. E contar histórias.

loading...

Ler artigo completo