Albufeira, Lisboa e Sesimbra recuam no desconfinamento

1 mes atrás 351

Coronavírus

MARIO CRUZ

Restaurantes e lojas fecham às 15:30 e supermercados às 19:00 aos fins de semana.

Saiba mais...

Albufeira e Lisboa recuam no plano de desconfinamento e juntam-se a Sesimbra que já se encontrava no nível de risco muito elevado de incidência de covid-19, existindo ainda outros 25 concelhos em risco elevado, anunciou o Governo.

O horário dos restaurantes e similares e do comércio vai recuar em Lisboa e Albufeira, passando a ter de encerrar às 15:30 aos fins de semana, juntando às regras que já vigoram em Sesimbra, disse a ministra da Presidência.

A decisão de recuo no desconfinamento foi tomada no Conselho de Ministros desta quinta-feira, implicando ainda, no caso daqueles três concelhos, que os supermercados e restantes retalho alimentar encerrem às 19:00 aos fins de semana.

Durante a semana, restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar até às 22:30, com as regras de lotação a determinarem um máximo de quatro pessoas por grupo no interior e de seis pessoas por grupo nas esplanadas.

"Não existem condições para avançar no desconfinamento", anuncia Governo Entradas e saídas da Área Metropolitana de Lisboa voltam a ser proibidas no fim de semana

Concelhos com risco muito elevado

Mariana Vieira da Silva disse que no nível de risco muito elevado estão os concelhos de Albufeira, Lisboa e Sesimbra.

O nível de risco muito elevado de transmissibilidade da covid-19 identifica os concelhos que registem, pela segunda avaliação consecutiva, uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 480 se forem concelhos de baixa densidade populacional).

Medina alerta que casos de covid-19 na Área Metropolitana de Lisboa continuam a aumentar

Concelhos com risco elevado

Em conferência de imprensa, após a reunião do Conselho de Ministros, em Lisboa, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, disse que existe "um conjunto de 25 concelhos" no nível de risco elevado, que são: Alcochete, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Barreiro, Braga, Cascais, Grândola, Lagos, Loulé, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odemira, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Seixal, Setúbal, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.

O nível de risco elevado aplica-se aos concelhos que registem, pela segunda avaliação consecutiva, uma taxa de incidência superior a 120 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 240 se forem concelhos de baixa densidade populacional).

Veja também:

Covid-19. Gouveia e Melo faz depender vacinação das entregas de doses Covid-19. Campanha de testagem arranca em Cascais Ferro Rodrigues incentiva deslocação em massa para apoiar seleção portuguesa em Sevilha

Na Homepage

"Não existem condições para avançar no desconfinamento", anuncia Governo

País

Restrições mantêm-se na Área Metropolitana de Lisboa, mas com duas novas exceções. Três concelhos recuam no desconfinamento, 25 travam e há 19 em alerta.

Últimas

Ler artigo completo