Além da TAP, Governo não tem em mente privatizações

1 semana atrás 32

“Não temos neste momento nenhuma intenção de revisitar as participações sociais [do Estado em empresas públicas]”, começou por referir o ministro das Finanças.  

O Governo não tem prevista a privatização de mais nenhuma empresa, a não ser a TAP, frisou, esta quarta-feira, o ministro das Finanças, Miranda Sarmento.  

“Não temos neste momento nenhuma intenção de revisitar as participações sociais [do Estado em empresas públicas]”, começou por referir o ministro das Finanças.  

Miranda Sarmento acrescentou que esse exercício “pode eventualmente ser feito” mas que, neste momento, com exceção da TAP, “que o Governo tem intenção de privatizar”, não está sinalizado “mais nenhum processo dessa natureza”.  

O governante foi hoje ouvido na Comissão de Orçamento, Finanças e Administração. 

Sobre a TAP, o ministro não quis avançar com datas nem prazos, lembrando ainda que as receitas de privatizações não são receitas públicas em contabilidade nacional e, por isso, o “Governo, a seu tempo dirá o ‘timing’ e condições de privatização da empresa”. 

Ler artigo completo