Atlético cheio de saúde sem piedade de um clube doente

11 meses atrás 61

O Atlético de Madrid continua em grande forma e, na receção ao Valencia, ganhou de forma convincente por 3-0. Está, por isso, confortável no terceiro lugar do campeonato antes da paragem.

Vinha de cinco bons resultados (quatro vitórias e um empate em casa do campeão Real Madrid) e não teve grandes problemas contra o emblema che, que está em risco de cair para zona de despromoção.

Thierry Correia foi titular, André Almeida entrou numa altura em que já não havia dúvidas em relação ao vencedor do encontro.

Os colchoneros entraram bem em jogo, criaram alguns lances ofensivos (destaque para uma jogada espetacular que Memphis não conseguiu transformar em golo) e chegaram à vantagem a meio do primeiro tempo, por Griezmann, assistido por Llorente.

Logo a abrir a segunda parte, num lance em que os valencianos ficaram a pedir fora de jogo, Carrasco acelerou pela esquerda, tabelou com De Paul e finalizou, o que se revelou um duro golpe para a equipa de Baraja, que tentava a reação.

O banco também funcionou e, três minutos depois de entrarem, Morata cruzou e Lemar cabeceou para o terceiro. Só depois o Valencia conseguiu boas oportunidades (Samuel Lino em destaque), embora sem conseguirem reduzir.

ATLÉTICO MADRID

EMPATE

VALENCIA

Ler artigo completo