Austrália pede a cidadãos para deixarem país e territórios palestinianos

1 mes atrás 47

Dada a "forte ameaça de retaliação militar e de ataques terroristas", Camberra "instou os australianos que se encontram em Israel e nos Territórios Palestinianos Ocupados a abandonarem o país se estiverem confiantes de que o podem fazer em segurança", escreveu o Ministério dos Negócios Estrangeiros numa nota.

A Austrália já tinha apelado anteriormente aos seus cidadãos para evitarem estas duas zonas e, até, saírem.

O aviso surge depois de terem sido registadas explosões esta madrugada no centro do Irão, com um funcionário norte-americano a relatar um ataque israelita em retaliação pelos ataques sem precedentes de drones e mísseis iranianos contra Israel no passado fim de semana.

"Os ataques militares podem provocar o encerramento do espaço aéreo, o cancelamento de voos, desvios e outras perturbações nas viagens", afirmou Camberra.

"O aeroporto Ben Gurion de Telavive pode suspender as operações devido a preocupações de segurança acrescidas em qualquer altura e a curto prazo", alertou também a Austrália.

Ler artigo completo