Biden acelera campanha para 2024 e organiza quatro angariações de fundos em São Francisco

11 meses atrás 195

O Presidente dos Estados Unidos Joe Biden está a intensificar esta semana os seus esforços para a reeleição em 2024, organizando quatro angariações de fundos na área de São Francisco e estabelecendo as bases estratégicas eleitorais.

Na segunda quinzena de junho, a campanha terá mais de 20 angariações de fundos com a presença do chefe de Estado e da vice-presidente Kamala Harris, de acordo com uma fonte ligada aos planos de Biden, citada pela agência Associated Press (AP).

O democrata também viajará para Nova Iorque, Maryland e Illinois.

Biden abordou os temas da sua campanha num evento de angariação de fundos esta sexta-feira em Connecticut, referindo que o seu objetivo é fazer mais para transmitir aos eleitores a obra feita pelo seu governo em infraestrutura, produção de 'chips' de computador e programas para enfrentar as alterações climáticas, entre outras políticas.

"Fizemos muito. Apenas precisamos de fazer com que as pessoas saiba o que fizemos e sermos diretos com estas", realçou Biden na sexta-feira.

A ronda de angariações de fundos segue-se ao primeiro comício de campanha de Biden, no sábado, em Filadélfia, onde foi endossado por sindicatos importantes, perante um eleitorado fundamental no maior centro populacional de um Estado que é um campo de batalha crítico.

A agenda preenchida para o chefe de Estado norte-americano ocorre antes do final do trimestre de angariação de fundos, no final do mês, e o relatório de financiamento da campanha de Biden em julho, que fornecerá o primeiro teste ao entusiasmo dos doadores democratas neste esforço de reeleição.

Biden, ao contrário de Trump e outros candidatos ao Partido Republicano em 2024, não revelou nenhuma pista sobre a sua angariação de fundos desde que declarou a sua candidatura em abril.

De resto, o lançamento da sua campanha foi programado para evitar a apresentação de um relatório de financiamento de campanha para o primeiro trimestre, um período historicamente difícil para a captação de recursos.

Pela primeira vez nas eleições dos EUA, Biden fez acordos conjuntos de angariação de fundos com todos os 50 partidos democratas estatais e a filial em Washington DC, um acordo que pode ajudar a maximizar as doações e minimizar as despesas nos primeiros meses da campanha.

Esta estratégia faz parte de um esforço mais amplo para unir uma coligação democrata diversificada de apoio a Biden, enquanto os republicanos passam pelo que pode ser uma eleição primária grande e dividida.

Ler artigo completo