CEO da Nvidia diz que a Inteligência Artificial substituirá os programadores

1 mes atrás 46

No evento World Government Summit, Jensen Huang fez uma declaração que certamente gerará discórdia. O CEO da Nvidia afirmou que as crianças já não necessitam de aprender a programar, porque a Inteligência Artificial (IA) o fará por eles.

Com efeito, o executivo disse que devemos incitar as crianças a desenvolver outras habilidades de valor como biologia ou educação. No que respeita ao desenvolvimento de código, a IA fará esse trabalho pelos humanos.

Estas declarações vêm contradizer aquilo que vimos nos passados 10 ou 15 anos de homens como ele afirmar. Tal como o próprio refere, muitos daqueles que ocupam uma posição semelhante à sua, têm aconselhado as crianças a aprender a programar logo que possível.

Jensen Huang, CEO of Nvidia, argues that we should stop saying kids should learn to code. He argues the rise of AI means we can replace programming languages with human language prompts thus enabling everyone to be a programmer. AI will kill coding.pic.twitter.com/SxK9twhEby

— Dare Obasanjo🐀 (@Carnage4Life) 24 de fevereiro de 2024

Agora, contudo, com o advento da IA, essa habilidade deixou de ser tão essencial. Para o CEO da Nvidia, a evolução tecnológica criou ferramentas para que os humanos deixem de se preocupar com o desenvolvimento de código.

"É o nosso trabalho criar uma tecnologia de computação para que ninguém precise programar. E que a linguagem de programação é humana. Toda a gente no mundo agora é um programador. Este é o milagre da Inteligência Artificial."

Este é um excerto daquilo que Jeseng Huang diz no vídeo que podes ver acima e que resume a sua posição sobre este tema. Para ele, a IA é tudo o que necessitamos para o desenvolvimento de programas computacionais.

Crianças devem focar-se noutras áreas como biologia, educação ou agricultura

O executivo surpreende ainda ao afirmar que as crianças de hoje devem focar-se na aprendizagem de outras áreas. Ele enumera a biologia, educação, fabricação, agricultura e outras como atividades mais produtivas.

Ainda assim, será necessário passar às pessoas o conhecimento para estas saberem quando devem aplicar a programação desenvolvida pela IA. Nesse sentido, Huang remata dizendo que "é vital que melhoremos as competências de todos, e acredito que o processo de melhoria de competências será encantador e surpreendente."

Apesar daquilo que o executivo da Nvidia refere, os últimos meses mostraram-nos que a IA ainda não está pronta para assumir esse papel. Vários estudos demonstram que a IA ainda comete erros no desenvolvimento de código, erros que programadores profissionais consideram ser de iniciante.

Analistas ressalvam ainda que nos últimos 30 anos ouvimos dizer que a ferramenta X ou Y viria acabar com a codificação. No entanto, atualmente existe uma grande procura por programadores.

Ou seja, Jensen Huang até poderá ter razão nas suas previsões, contudo, ainda é cedo para o dar como certo. Embora várias ferramentas de Inteligência Artificial já exibam capacidades de programação, elas ainda estão pouco treinadas nesse ramo para poderem substituir o programador humano nessa tarefa.

Ler artigo completo