Colisão entre navios chinês e filipino no mar do Sul da China

1 mes atrás 40

"O navio de abastecimento filipino ignorou os numerosos avisos da parte chinesa" e "aproximou-se do navio chinês (...) de forma pouco profissional, provocando uma colisão", declarou a guarda costeira, em comunicado.

Pequim acusou o navio de "entrar ilegalmente em águas próximas do recife Ren'ai", nome chinês do Second Thomas, nas ilhas Spratly (ou Nansha para Pequim).

"A guarda costeira chinesa tomou medidas de controlo contra o navio filipino, em conformidade com a lei", acrescentou na mesma nota.

Pequim reivindica praticamente todo o mar do Sul da China, incluindo águas e ilhas próximas das costas de vários países vizinhos, apesar de uma decisão de um tribunal internacional em 2016.

As Filipinas, o Brunei, a Malásia, Taiwan e o Vietname também reivindicam vários recifes e ilhotas neste mar, algumas das quais podem abrigar ricas reservas de petróleo.

Pequim envia patrulhas para o mar do Sul da China e transformou alguns recifes em posições militares.

Ler artigo completo