Com as vendas a cair, Ford prepara ronda de despedimentos

3 semanas atrás 40

Por forma a fazer face à quebra das vendas, a Ford está a preparar um plano de reestruturação na Europa que levará à perda de postos de trabalho.

Ford

De acordo com Benjamin Gruschka, chefe do conselho de trabalhadores da Ford na Alemanha, citado pela imprensa, a fabricante está a preparar um plano de reestruturação na Europa, que implicará reduções de postos de trabalho na Alemanha, Espanha e no Reino Unido.

Não é claro, para já, quantos cortes adicionais de postos de trabalho estão previstos na Alemanha no âmbito do novo plano de reestruturação, que vem juntar-se a um programa anterior. Contudo, o chefe do conselho de trabalhadores disse que se espera uma decisão até ao final de junho.

No âmbito do seu plano de reestruturação anterior, a Ford cortou 2300 postos de trabalho, no país, reduzindo o número de funcionários para 13.000.

No ano passado, a fabricante de automóveis avisou que iria cortar 3800 postos de trabalho na Europa, à medida que se orienta para a produção de veículos elétricos, que requerem menos pessoal.

Mais recentemente, a Ford partilhou que planeia cortar mais 1600 postos de trabalho, em Valência, Espanha.

Segundo a associação industrial ACEA, as vendas de automóveis de passageiros da Ford caíram 15% para 152.552 nos mercados na União Europeia, na EFTA - European Free Trade Association e no Reino Unido, nos primeiros quatro meses. A sua quota de mercado caiu de 4,3% para 3,4%.

A fabricante de automóveis eliminou os seus automóveis de passageiros tradicionalmente muito vendidos, mas com margens de lucro baixas, incluindo o Focus e o Fiesta, para se dedicar a crossovers, SUV, veículos totalmente elétricos e ao seu negócio de veículos comerciais ligeiros.

Ler artigo completo