Combustíveis. Governo reduziu incentivos e os preços nas bombas já mudaram

10 meses atrás 146

Além do ajuste habitual no início de cada semana, os preços dos combustíveis vão também incluir a nova revisão das medidas do governo.

Se tiver de passar num posto ou área de serviço para abastecer o carro no início desta semana poderá não notar grande diferença nos preços dos combustíveis. Mas por trás desse valor, há algumas novidades.

As previsões do setor no final da semana passada mostravam-nos que o preço da gasolina ia ficar precisamente na mesma. Mas também que o gasóleo ia descer cerca de 1,5 cêntimos por cada litro abastecido. No entanto, o dia 17 de abril foi também a data anunciada pelo governo para novas alterações às medidas extraordinárias em vigor.

Mesmo com a segunda-feira prestes a terminar, as novas medidas foram anunciadas pelo governo, com a principal diferença a separar o valor de desconto até agora existente entre a gasolina e o gasóleo. Até agora, o desconto era igual para os dois tipos de combustível, com um valor de 34 cêntimos por litro.

Mas a partir de agora, no entanto, a “redução da carga fiscal passará a ser de 32,8 cêntimos por litro de gasóleo e de 34 cêntimos por litro de gasolina”. Tal como nos revelou ontem o comunicado divulgado pelo Ministério das Finanças, justificando esta alteração com a evolução dos preços dos combustíveis verificada nas últimas semanas.

Posto de combustível

Ou seja, na prática, o valor de cada litro de gasolina, ficará precisamente na mesma. Mas no que diz respeito ao gasóleo, em vez da descida prevista de 1,5 cêntimos por litro, esta será de apenas 0,3 cêntimos. Uma vez que o desconto foi reduzido em 1,2 cêntimos.

Os outros «ajustes» dos preços dos combustíveis

Logo nas primeiras horas da semana, diversos postos de abastecimento renovaram o mostrador dos preços de cada litro de combustível. Mas tal como podemos ver na página do Mais Gasolina, houve ainda mais «ajustes» do que o previsto.

No caso da Galp, a gasolina aumentou meio cêntimo, enquanto o gasóleo recebeu a tal descida de 1,5 cêntimos por cada litro. A BP aumentou a gasolina em um 1,0 cêntimos e também desceu o valor do gasóleo em 1,5 cêntimos. E a Repsol subiu o valor do litro de gasolina em 1,4 cêntimos, enquanto o gasóleo desceu apenas 1,0 cêntimos.

Logo no dia a seguir ao anúncio das novas medidas, esta última revendedora voltou a subir o preço do gasóleo em 1,2 cêntimos. Justamente, a diferença que foi aplicada com as novas medidas.

Fonte: ECO, Mais Gasolina

Sabe esta resposta?
Quantos cavalos tinha o motor 3.0 V6 do Alfa Romeo SZ de 1989?
Ler artigo completo