Escritor britanico Salman Rushdie recorda em livro esfaqueamento que foi vítima há 2 anos

1 mes atrás 44

O autor britânico, nascido na Índia, preparava-se para dar uma palestra quando um homem invadiu o palco e o esfaqueou.

Um evento trágico que dá agora origem ao novo livro deste escritor que venceu o prémio Booker em 1981.

O livro Chama-se precisamente "Faca - Reflexões sobre um atentado", que vai ser lançado esta terça-feira, pretende ser um caminho para Salman Rushdie processar o que aconteceu, no dia em que foi atacado.

Salman Rushdie é alvo há várias décadas da fúria de extremistas muçulmanos, incluindo por parte do líder religioso do Irão, que o condenou a pena de morte, pela escrita do livro "Versículos Satânicos", uma obra considera ofensiva em relação à figura do profeta Maomé.
Ler artigo completo