Filho de Aung San Suu Kyi diz-se preocupado com saúde da mãe

3 semanas atrás 40

A laureada com o Prémio Nobel da Paz em 1991 está detida desde o derrube do seu governo eleito pelos militares, em 01 de fevereiro de 2021.

O golpe de Estado e a repressão que se seguiu desencadeou um levantamento armado.

Aung San Suu Kyi está a cumprir uma pena de 27 anos de privação de liberdade por v+arrias condenações, que vão da corrupção ao desrespeito de restrições relativas ao covid-19.

Suu Kyi já passou mais de um quarto da sua vida em prisão domiciliária, às ordens do exército, cujo controlo político do país contesta desde há décadas, disse o seu filho Kim Aris à AFP.

Suu Kyi, que continua muito popular na Birmânia, ficou quase invisível desde o golpe de Estado.

A reação do filho foi conhecida também depois de se saber que vários meios informaram hoje a detenção de pelo menos 22 pessoas por terem celebrado o aniversário de Aung San Suu Kyi.

Segundo a Eleven Media, que citou um dirigente anónimo, a polícia realizou as detenções em Mandalay, a segunda cidade do país.

A junta militar rejeitou várias solicitações de dirigentes e diplomatas estrangeiros para se encontrarem com Suu Kyi, a qual teria sofrido problemas de saúde durante os seus três anos de detenção.

Leia Também: OCDE abriu negociações de adesão com a Tailândia

Ler artigo completo