Frederico Silva perde na segunda ronda do Porto Open. Já a dupla Borges-Cabral avança

1 mes atrás 17

Frederico Silva perdeu frente ao britânico Aidan McHugh e foi eliminado do Porto Open. Em sentido inverso, Nuno Borges e Francisco Cabral e Daniel Rodrigues e Pedro Araújo venceram os seus desafios.

Frederico Silva no Estoril tennis Openi

Jogador das Caldas da Rainha foi eliminado pelo britânico Aidan McHugh

TIAGO PETINGA/LUSA

Jogador das Caldas da Rainha foi eliminado pelo britânico Aidan McHugh

TIAGO PETINGA/LUSA

O tenista português Frederico Silva foi esta quarta-feira eliminado na segunda ronda do quadro de singulares do Porto Open, a decorrer no Complexo Desportivo do Monte Aventino, enquanto Francisco Cabral/Nuno Borges e Daniel Rodrigues/Pedro Araújo venceram nos pares.

O jogador das Caldas da Rainha, número 269 no “ranking” ATP, não conseguiu resistir ao britânico Aidan McHugh (356.º ATP) e, ao fim de duas horas e seis minutos, cedeu a qualificação para os quartos de final do torneio português do ATP Challenger Tour, por 7-6 (7-5) e 6-1.

Eliminado Frederico Silva, apenas Daniel Rodrigues mantém a representação nacional na prova, tendo agendado para quinta-feira o desafio de apuramento para os quartos de final com o francês Hugo Grenier, quinto cabeça de série.

Ao contrário da competição de singulares, a representação portuguesa no quadro de duplas continua forte, depois de Francisco Cabral, 67.º colocado na hierarquia de pares, e Nuno Borges ultrapassarem os russos Evgeny Donskoy e Andrey Kuznetsov, pelos parciais de 5-7, 6-1 e 10-8.

Assim como o par campeão do Estoril Open, que disputou a segunda ronda de pares de Wimbledon, Daniel Rodrigues e Pedro Araújo também garantiram a manutenção no Porto Open, ao derrotarem os bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos, por 4-6, 6-4 e 10-7.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ler artigo completo