Haiti decreta estado de emergência e recolher obrigatório na capital

1 mes atrás 37

04 mar, 2024 - 06:55 • Lusa

A medida não afeta membros das forças de segurança em serviço, bombeiros, condutores de ambulâncias, pessoal médico e jornalistas devidamente identificados.

O governo de Haiti decretou o estado de emergência e um recolher obrigatório em Porto Príncipe, devido à "deterioração da segurança" e aos ataques a duas prisões por bandos armados.

O Governo informou, no domingo, que para "restabelecer a ordem e tomar as medidas adequadas para recuperar o controlo da situação", o recolher obrigatório vai vigorar entre as 18h00 e as 05h00 de segunda, terça e quarta-feira.

"O Governo da República, referindo-se ao decreto de 03 de março de 2024 que declara o estado de emergência em todo o departamento ocidental por um período renovável de 72 horas", incluindo a capital, "decreta o recolher obrigatório em todo este território".

A medida não afeta membros das forças de segurança em serviço, bombeiros, condutores de ambulâncias, pessoal médico e jornalistas devidamente identificados.

"As forças da ordem foram mandatadas para utilizar todos os meios legais à sua disposição para garantir o respeito do cessar-fogo e para deter os infratores", acrescentou a nota assinada por Patrick Michel Boivert, primeiro-ministro na ausência de Ariel Henry.

Quase 3.600 presos fugiram da prisão civil de Porto Príncipe, na sequência de ataques de gangues armados no sábado à noite, indicou o Coletivo de Advogados de Defesa dos Direitos Humanos haitiano.

Comentários

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+

Ler artigo completo