Híbrido não basta. Toyota antecipa «Yaris Cross» 100% elétrico

2 meses atrás 39

Entre as novidades que a Toyota levou ao Fórum Kenshiki 2023 está o Urban SUV, um protótipo que antecipa uma espécie de Yaris Cross elétrico.

A Toyota apresentou em Bruxelas (Bélgica), na quinta edição do Fórum Kenshiki, aquelas que são as suas maiores novidades para os próximos anos, entre elas o Urban SUV, um protótipo que antecipa uma espécie de Yaris Cross 100% elétrico.

Este modelo, que vai chegar ao mercado já em 2024 e posicionar-se no segmento B-SUV, é um dos seis elétricos dedicados que a Toyota quer lançar até 2026 — o bZ4X também está incluído e nós já o testámos.

Além destes dois modelos e do Compact SUV Concept (revelado na edição do ano passado), a Toyota mostrou um quarto modelo, denominado Sport Crossover Concept, que antecipa uma berlina fastback (dois volumes e meio) prevista para 2025.

Estivemos com o Urban SUV Concept e com o Sport Crossover Concept e mostramos-vos tudo o que se sabe, até ao momento, sobre estes dois modelos no vídeo em destaque:

Nova geração de baterias chega em 2026

A Toyota aproveitou ainda o seu certame anual na Bélgica para desvendar alguns dos segredos da sua próxima geração de baterias, bem como da nova plataforma modular dedicada a modelos 100% elétricos.

Esta última será estreada em 2026 na versão de produção do Lexus LF-ZC e usada, logo a seguir, no Toyota FT-3E e no Gazoo Racing FT-Se.

2 imagens

Nos casos do Lexus LF-ZC e do Toyota FT-3E, com a nova plataforma vem também uma nova geração de baterias:

Bateria LFP, com capacidade para cerca de 640 km e cujo custo será 40% inferior à bateria atual do bZ4X; Bateria de iões de lítio (eletrólitos líquidos) capaz de oferecer até 800 km de autonomia e um tempo de carga dos 10% aos 80% de 20 minutos; Bateria de estado sólido (com estrutura bipolar) com capacidade para mais de 1000 km de autonomia e com um tempo de carga dos 10% aos 80% em apenas 10 minutos.

A propósito das baterias de estado sólido, Andrea Carlucci, vice-presidente da Toyota Motor Europe, afirmou: “Fizemos um avanço tecnológico que supera o desafio de longa data da durabilidade das baterias de estado sólido”.

A NÃO PERDER: Gigante acordou. Toyota desenvolve novas baterias para mais de 1000 km

“Um método para a produção em massa está atualmente a ser desenvolvido e estamos a esforçar-nos para a comercialização em 2027-2028, com capacidade de produção de várias dezenas de milhares de veículos”, atirou Carlucci.

Tecnologia de giga casting será estreada na Lexus

Outra novidade importante, que promete um impacto muito positivo nos futuros elétricos da Lexus e da Toyota, é a tecnologia de giga casting (peças de grande dimensão obtidas por molde de injeção), que o grupo vai começar a utilizar em 2026, na versão de produção do Lexus LF-ZC.

Fórum Kenshiki Toyota 2023© Toyota O alinhamento de produtos que a Toyota e a Lexus levaram ao Fórum Kenshiki 2023

Mais tarde, esta tecnologia de produção, estreada pela Tesla que a usa no Model Y e agora na Cybertruck, vai também ser usada para fabricar o Toyota FT-3E.

Graças a esta técnica de produção, a Toyota e a Lexus vão conseguir produzir estes dois modelos com recurso a apenas três secções: uma peça única para a dianteira, outra para a traseira, que são unidas por uma secção central, onde estará inserida a bateria.

De acordo com a Toyota, isto vai permitir reduzir o tempo de montagem de um carro em 80%, ao mesmo tempo que vai permitir reduzir os custos de forma significativa.

Acerca das reparações, que acabam por ser uma das maiores preocupações em torno deste método de produção — por ser uma peça única de grandes dimensões —, a Toyota garante estar atenta e promete fazer com que pequenos acidentes não se traduzam em reparações demasiado caras.

Ler artigo completo