HP Omen 16 Transcend

3 meses atrás 50

A HP fez evoluir a gama de portáteis Omen com o 16 Transcend, que se torna o topo da oferta, nesta gama. O processador é um i9 de 13.ª geração ,o mais poderoso da Intel para aplicações de consumo; também temos 32 GB de memória RAM DDR5 e uma gráfica RTX 4070 Laptop com 8 GB de memória dedicada GDDR6. Aliado a isto, há um ecrã Mini LED com uma velocidade máxima de actualização de 244 Hz.

O computador é em metal preto, com as entradas na parte de trás; dos lados só estão presentes duas entradas USB Type-C e uma USB Type-A. Apesar do seu tamanho, e por ser fino, não tem o mesmo aspecto monolítico de outros portáteis para jogos.

Software para que te quero
O Omen 16 tem os seus problemas – neste caso, o principal é o software. O sistema operativo é o Windows, mas há um elemento da HP chamado Omen Gaming Hub que, supostamente, serve para optimizar o sistema operativo para receber os jogos. No entanto, de série, faz exactamente o oposto. Só depois de se mexer um pouco neste programa, é que o Omen 16 liberta todo o potencial. Isto é pena, porque, muitas pessoas que têm máquinas destas podem não estar a tirar partido do investimento, sem darem por isso – passo a explicar. Na PCGuia fazemos as reviews aos computadores de gaming com uma bateria de benchmarks (PCMark e 3D Mark) e jogos (Shadow of the Tomb Raider e Far Cry 6 a 1080 e no máximo das definições gráficas). Foi durante estes testes, e depois de termos feito as actualizações (Windows e drivers), aconteceu um fenómeno estranho: se, nos testes sintéticos, os resultados batem certo com o seria de esperar para um i9 recente, nos jogos ficámos perante resultados que seriam facilmente atingíveis por uma máquina de gama média, isto sem qualquer optimização.

Diferenças na autonomia
Só depois de colocar tudo no máximo no Omen Gaming Hub é que conseguimos chegar a resultados condizentes com uma máquina que tem este tipo de hardware. Supostamente, este software devia detectar o jogo e optimizar o sistema – só que não… Por isso, se estiver interessado numa máquina destas (ou em qualquer outra que use este software), optimize o computador antes de jogar.

Uma última consideração para a autonomia: a HP anuncia cerca de seis horas (345 minutos) com uma carga, mas, nos nossos testes, a bateria do Omen 16 chegou apenas às quatro horas. Este resultado é mais que expectável, dado o tamanho do ecrã e o processador utilizado, que é mais voraz a gastar energia que um i7 ou um i5.


Distribuidor: HP

Preço: €3299


Benchmarks

PCMark 10: 7494 PCMark 10 Bateria (minutos): 240 3D Mark Fire Strike: 23194 3D Mark Time Spy: 11875 Far Cry 6 (1080p Ultra): 124 fps Shadow of Tomb Raider: (1080p Highest DX 12): 150

Ficha Técnica

Processador: Intel Core i9-13900HX
Memória: 32 GB DDR5
Armazenamento: SSD NVMe 1 TB
Placa gráfica: GeForce RTX 3070 Laptop 8 GB GDDR 6, Intel UHD Graphics
Ecrã: LCD IPS, 16 polegadas (2560 x 1600) a 240 Hz
Ligações: 2 x USB-A, 2 x USB-C, RJ-45, HDMI 2.1, WiFi 6E, Bluetooth 5.3
Dimensões: 356,5 x 269 x 19,9 mm
Peso: 2,1 kg

Ler artigo completo