Intel anuncia investimento histórico de €30 mil milhões na Alemanha

8 meses atrás 110

A norte-americana Intel gastará 33 mil milhões de dólares (mais de 30 mil milhões de euros) para desenvolver duas fábricas de chips em Magdeburg (Alemanha) como parte do seu plano de expansão na Europa.

O acordo foi assinalado na segunda-feira com o chanceler alemão, Olaf Scholz, e representa o maior investimento estrangeiro da história da Alemanha.

O governo acordou subsídios no valor de quase 10 mil milhões de euros com o fabricante americano de chips, segundo escreve a “Reuters”. O valor é, então, superior em 6,8 milhões de euros ao inicialmente oferecido pela Intel.

"O acordo é um passo importante para a Alemanha como um local de produção de alta tecnologia - e para nossa resiliência", disse Scholz após a assinatura do mesmo.

Com Pat Gelsinger na presidência executiva da empresa, a Intel tem investido milhares de milhões na construção de fábricas em três continentes para restaurar o seu domínio na fabricação de semicondutores e competir melhor com os rivais AMD, Nvidia e Samsung, lembra a agência de notícias.

Aliás, este é o terceiro anúncio de um grande investimento da Intel em quatro dias, uma vez que na sexta-feira passada anunciou investimentos de 4,6 mil milhões de dólares (4,2 mil milhões de euros) na Polónia e 25 mil milhões de dólares (22,8 mil milhões de euros) em Israel.

A fábrica alemã da Intel deverá entrar em operação 4 a 5 anos após a aprovação do pacote de subsídios pela Comissão Europeia. Serão criados cerca de 7000 empregos na construção e cerca de 3000 em alta tecnologia, diz a agência de notícias.

Mas não é só a Intel que se pode expandir para a Alemanha. Segundo a “Reuters”, Berlim também está em conversações com a taiwanesa TSMC e a fabricante sueca de baterias para veículos elétricos Northvolt. Adicionalmente, já convenceu a Tesla a construir sua primeira gigafábrica europeia em território alemão.

Ler artigo completo