Israel diz que Hezbollah coloca região à beira de uma escalada

1 mes atrás 47

16 jun, 2024 - 22:34 • Reuters

Os Estados Unidos da América e a França estão a trabalhar num acordo negociado para as hostilidade na fronteira sul do Líbano.

A intensificação do fogo transfronteiriço do movimento libanês Hezbollah contra Israel pode desencadear uma grave escalada, disse o exército israelita este domingo.

“A crescente agressão do Hezbollah está a levar-nos à beira do que pode ser uma escalada mais ampla, que pode ter consequências devastadoras para o Líbano e toda a região”, disse o porta-voz militar israelita, contra-almirante Daniel Hagari, numa declaração vídeo em inglês.

O Hezbollah, apoiado pelo Irão, lançou na semana passada a maior quantidade de rockets e drones contra Israel até agora, no oito meses de trocas de tiros com o exército de Israel.

Os Estados Unidos da América e a França estão a trabalhar num acordo negociado para as hostilidade na fronteira sul do Líbano. O Hezbollah afirma que não vai parar de disparar até que os ataques de Israel na Faixa de Gaza parem.

"Israel vai tomar as medidas necessárias para proteger os seus cidadãos, até que a segurança na nossa fronteira com o Líbano seja reestabelecida", afirmou Hagari.

Ler artigo completo