Joana Amaral Dias força entrada em debate para o qual não foi convidada

1 mes atrás 61

Joana Amaral Dias tentou forçar a entrada no debate a quatro para as eleições europeias que decorreu na terça-feira na RTP entre Marta Temido (PS), Sebastião Bugalho (AD), António Tânger Corrêa (Chega) e João Oliveira (PCP).

Revoltada por ser sido "barrada", a cabeça de lista do partido ADN ao Parlamento Europeu transmitiu o momento em direto, nas redes sociais e até se apelidou de "Joana, a Fura Debates".

De acordo com a candidata, o ADN interpôs uma providência cautelar a exigir a participação nos debates para as Europeias organizados pela televisão pública e o juiz considerou não haver provas de que a candidata não tinha sido convidada para o debate.

No vídeo vê-se Joana Amaral Dias a entrar com o líder do partido, Bruno Fialho, no edifício da RTP e a tentar forçar a participação no debate, confrontando a diretora-adjunta do canal.

Joana Garcia explica que o ADN não foi convidado para o debate por não ter representação parlamentar e lembra que o partido vai sim participar no debate de 30 de maio, dos partidos sem representação parlamentar.

Leia Também: Madeira. ADN quer serviço público e rejeita eventual privatização da RTP

Ler artigo completo