João Canijo premiado em Festival de Cinema de Las Palmas em Espanha

5 meses atrás 108

De acordo com a lista de premiados revelada hoje pelo festival, o Grande Prémio desta edição foi atribuído a João Canijo pelo díptico de filmes "Mal Viver" e "Viver Mal".

Para o júri oficial da competição, a obra destacou-se "pela sua profundidade e intensidade, sobretudo a nível da realização cinematográfica", mostrando que João Canijo é "um cineasta experimentado, mas incansavelmente ambicioso".

Apresentados como um díptico, "Mal Viver" e "Viver Mal" receberam também o prémio do público do festival de Las Palmas.

Na secção de curtas-metragens, o júri atribuiu uma menção especial ao filme "Azul", entre a ficção e o documentário, de Ágata de Pinho.

João Canijo tem esta dupla premiação uma semana depois de ter recebido o prémio de melhor realizador no Festival de Cinema do Uruguai. O filme "Mal Viver" já tinha vencido, no final de fevereiro, o Urso de Prata, prémio do júri, no Festival de Berlim.

"Mal Viver" centra-se numa família de mulheres de diferentes gerações, que gerem um hotel, e "que arrastam uma vida dilacerada pelo ressentimento e o rancor, que a chegada inesperada de uma neta vem abalar", lê-se na sinopse.

"Viver Mal" segue em paralelo e foca-se nos hóspedes que passam pelo hotel.

O elenco conta com Rita Blanco, Anabela Moreira, Madalena Almeida, Cleia Almeida, Vera Barreto, Filipa Areosa, Leonor Silveira, Nuno Lopes, Rafael Morais, Lia Carvalho, Beatriz Batarda, Leonor Vasconcelos e Carolina Amaral.

"Mal Viver" e "Viver Mal" chegam aos cinemas portugueses a 11 de maio, tendo antestreias marcadas para 29 de abril, no festival IndieLisboa, e a 07 de maio no Batalha Centro de Cinema, no Porto.

O 22º. Festival de Cinema de Las Palmas de Gran Canária termina no domingo.

Ler artigo completo