Jorge Gabriel assinala um ano da morte do pai

3 meses atrás 86
Fotografia: Instagram de Jorge Gabriel

Jorge Gabriel recorreu às redes sociais, esta quarta-feira, 19 de janeiro, para recordar que pai, Albano, que morreu há um ano.

O apresentador publicou, no perfil de Instagram, uma imagem do progenitor, escrevendo algumas palavras em jeito de dedicatória. “Tal como há um ano, ocupei este dia o mais que pude. Foi assim que resisti à partida do sr. Fialho, o meu pai”, começou por escrever.

De seguida confessou não ter palavras para agradecer e citou um poema da terceira temporada da série “After Life”: “Não chores junto do meu túmulo / Não é lá que estou. / Eu não durmo / Eu sou mil ventos que sopram / Sou o brilho diamantino da neve / Sou a luz do sol que doira as espigas / Sou a chuva suave de Outono / Quando acordas no silêncio da manhã / Sou o frémito de inspiração / Das aves tranquilas que em roda voam / Sou a ténue luz das estrelas à noite / Não chores junto do meu túmulo / Não é lá que estou / Eu não morri”.

Recorde-se que o pai de Jorge Gabriel morreu aos 96 anos vítima de covid-19. Na caixa de comentários foram vários os rostos conhecidos que, na altura, deixaram mensagens de força ao comunicador.

Ler artigo completo