José Caramez arbitra primeira mão da final da Taça CEV de voleibol

1 mes atrás 22

O português José Caramez vai arbitrar a primeira mão da final da Taça CEV entre os alemães do Luneburgo e os polacos do Rzeszow, na Alemanha, em 12 de março, anunciou esta segunda-feira a Federação Portuguesa de Voleibol.

Depois de Ricardo Ferreira ter feito história no voleibol nacional ao dirigir a final da Liga dos Campeões, como segundo árbitro, em maio de 2023, José Caramez marca agora presença na final da Taça CEV, segunda prova de clubes mais importante da Confederação Europeia de Voleibol (CEV).

O juiz da Associação de Voleibol do Porto (AVP), que recebeu a nomeação com surpresa, será o primeiro árbitro no jogo da primeira mão da final da Taça CEV, na Alemanha, em 12 de março, entre o anfitrião Luneburgo e os polacos do Asseco Resovia Rzeszow, na Arena de Luneburgo.

"Depois de ter estado na meia-final da Challenge Cup, achei que poderia entrar numa das finais da Challenge, mas nunca imaginei que poderia estar na final da Taça CEV, ainda para mais como primeiro árbitro", afirmou José Caramez.

O árbitro, de 32 anos, que considera estar a viver o momento mais alto da sua carreira, salientou que esta nomeação é mais uma prova da qualidade da arbitragem portuguesa e do seu reconhecimento a nível internacional por parte da CEV.

"Conseguir estar na decisão da segunda prova mais importante de clubes permite sonhar com voos mais altos, mas sempre com a consciência de que o caminho é longo e difícil, pois quanto mais alto o nível, mais alto também o nível dos árbitros", disse.

Neste jogo, José Caramez terá como segundo árbitro o italiano Stefano Cesare, que é uma das suas referências, que integra a elite do panorama da arbitragem mundial e estará, mais uma vez, presente nos Jogos Olímpicos, em Paris2024.

Ler artigo completo