Jovem de 14 anos apresenta uma solução inovadora para tratar cancro de pele: sabonete

1 mes atrás 65

Estamos ainda a algumas décadas para resolver os vários tipos de cancro que existem. Mas estamos no bom caminho. Por vezes, a cura pode estar à frente dos nossos olhos. Um exemplo disso foi a descoberta fantástica feita por um adolescente de 14 anos. Ele recebeu um prémio pela solução inovadora que visa tratar o cancro da pele com sabonete.

 sabonete

Sabonete para combater cancro da pele

Heman Bekele, um aluno do oitavo ano da Virgínia, ganhou o Desafio do Jovem Cientista 3M 2023, recebendo um prémio de 25.000 dólares (cerca de 23 mil euros).

A sua invenção, um sabonete barato para o tratamento do cancro da pele, pode representar uma nova esperança para milhões de pessoas afetadas pela doença. Bekele, de 14 anos, não só ganhou o prémio, como também atraiu as atenções pela sua abordagem económica e acessível à luta contra o cancro.

Uma ideia revolucionária no domínio da oncologia

O princípio subjacente a este sabonete é ativar o sistema imunitário do corpo para combater o cancro. Contém moléculas específicas que estimulam o sistema imunitário; por conseguinte, a utilização do sabonete reaviva as células imunitárias na pele, capazes de combater o melanoma.

Este mecanismo baseia-se em teorias previamente demonstradas por outros tratamentos do cancro da pele, como um creme tópico inicialmente desenvolvido para tratar verrugas genitais.

Motivação por detrás da inovação

Durante a sua investigação para o concurso, Bekele apercebeu-se de que, embora o cancro da pele seja uma doença tratável, muitos doentes não têm acesso ao tratamento devido ao seu elevado custo.

Não é realmente económico ou acessível a toda a gente. Um estudo de 2014 estimou que o custo anual dos tratamentos para o melanoma nos EUA era de 8,1 mil milhões de dólares.

Bekele calculou que a produção de 20 barras do seu sabonete custaria menos de 10 dólares, destacando a acessibilidade do seu produto como uma das suas principais motivações.

Planos e desafios

Com os fundos do prémio, Bekele espera fazer avançar o seu sabonete através do processo de aprovação da FDA e colocar o seu produto no mercado como um tratamento acessível. Além disso, tem a ambição de expandir o seu trabalho no espaço sem fins lucrativos para ajudar o maior número possível de pessoas e explorar outros campos, como a engenharia genética e elétrica.

Ainda tenho muito para aprender e estou muito entusiasmado por ver onde tudo isto me leva.

Disse Bekele.

Apesar dos desafios que enfrenta, a sua perspetiva e determinação permanecem fortes enquanto continua a sua viagem no mundo da ciência e da inovação.

A comunidade científica e médica recebeu a proposta de Bekele com interesse, antecipando a realização de mais estudos para validar a eficácia do seu sabonete.

Se os seus benefícios se confirmarem, este jovem cientista não só terá estabelecido um marco no tratamento rentável do cancro da pele, como também terá demonstrado como a curiosidade e a dedicação juvenis podem conduzir a soluções genuínas e transformadoras na medicina.

Ler artigo completo