Mais de 150 animais em parque nacional na Índia morreram devido às inundações

1 semana atrás 35

De acordo com os responsáveis do parque, o local perdeu mais de 150 espécies, incluindo veados, macacos e filhotes de lontras.

"O nível da água tem baixado, mas temos mais de 55 locais inundados. Resgatamos 135 animais, mas 159 morreram por vários motivos, incluindo afogamento", revelou Sonali Ghosh, diretora de campo do parque nacional, à agência notícias indiana ANI.

O parque nacional indiano, localizado no estado de Assam, é reconhecido como património mundial por abrigar quase metade da população mundial de rinocerontes de um chifre -- que chega a cerca de 4.000.

Esta quinta-feira, as autoridades do parque anunciaram na rede social X que instalaram barricadas ao longo da estrada distrital de Biswanath, como forma de proteger a vida selvagem durante a época das cheias e "garantir a passagem segura aos animais que escapam da subida das águas".

Vários distritos do estado de Assam foram afetados nos últimos meses por inundações repentinas causadas pelas fortes chuvas.

Embora a situação geral tenha melhorado ligeiramente, o rio Brahmaputra (um dos mais longos da Ásia) ainda flui acima do nível de perigo em quatro zonas, de acordo com o último relatório da Autoridade para Gestão de Desastres do Estado de Assam (ASDMA, em inglês).

As chuvas intensas provocaram, até agora, a morte de 83 pessoas em todo o estado e mais de 14 mil foram afetadas, segundo dados divulgados pela ASDMA na rede social X.

O relatório do Departamento de Meteorologia da Índia (IMD, em inglês) alertou hoje para a persistência de "chuvas extremamente fortes e isoladas no nordeste do país durante os próximos dois dias".

Ler artigo completo