Medina diz que "não há parecer adicional" sobre despedimento de CEO e chairman da TAP

10 meses atrás 159

20 abr, 2023 - 19:02 • Ricardo Vieira

[em atualização]

O ministro da Finanças, Fernando Medina, esclareceu esta quinta-feira que não existe qualquer parecer jurídico sobre despedimento da ex-CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, e do ex-presidente do conselho de administração Manuel Beja.

"Os motivos que levam à demissão do presidente do conselho de administração e da presidente executiva da empresa são muitos claros e são aqueles que decorrem no seu fundamental das conclusões do relatório da IGF. Não há nenhum parecer adicional", declarou Fernando Medina.

O ministro das Finanças falava na Assembleia da República, na apresentação do Programa de Estabilidade aos deputados.

Comentários

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+

Ler artigo completo