Meta quer treinar IA com as suas fotos (sim, as suas). Eis como evitá-lo

1 mes atrás 53

Uma política controversa está a agitar as redes sociais devido a questões relacionadas com a privacidade.

Segundo a Meta, as ‘redes’ vão começar a utilizar publicações, fotografias, legendas, comentários e stories para “desenvolver e melhorar” a Inteligência artificial”.

Apesar de a empresa estar confiante de que esta nova abordagem está em conformidade com as leis da privacidade, já foram apresentadas queixas a autoridades de proteção de dados na Europa.

As alterações em causa entram em vigor a partir de 26 de junho, mas… há uma forma de os utilizadores se protegerem deste uso por parte da Meta, podendo fazê-lo através do seu telemóvel, e recusando as alterações.

Será preciso preencher um formulário e justificar, mais eis como se proteger:

No Facebook

Entrar na conta; Clicar em Definições e privacidade; Clicar em Definições; Descer até à opção Centro de privacidade.

Após estes passos, ser-lhe-á apresentada uma mensagem, na qual constará um link que fala do 'direito à oposição' no qual deve clicar – acedendo desta forma ao formulário necessário para recusar este uso. 

No Instagram

Clicar nas três barras; Descer até 'Sobre' e clicar em 'Política de privacidade'; Na página, aparecerá uma secção que diz ‘Oposição’, na qual deverá clicar e, a partir daí, à semelhança do Facebook, clicar em 'direito de oposição' – acedendo assim ao formulário.

Leia Também: Apple aposta na Inteligência Artificial e integra ChatGPT em dispositivos

Ler artigo completo