MG Cyberster já é oficial. Primeiras imagens reveladas em Xangai

10 meses atrás 234

O novo Cyberster da MG já anda a ser falado há uns anos, mas muitos de nós nunca imaginaríamos que o resultado final fosse este.

Depois da «fuga de imagens» por parte do  Ministério da Indústria e das Tecnologias da Informação chinês (MIIT), a MG mostrou as primeiras imagens oficiais do novo Cyberster, coincidindo com a abertura do Salão de Xangai.

Haveria melhor forma de a MG dar início às comemorações do seu primeiro centenário? Não nos parece.

As portas de abertura vertical são um dos destaques do Cybebrster.

O Cyberster marca o regresso dos roadsters à marca, que são o tipo de modelos que mais marcaram a história da MG e que mais facilmente associamos à marca. Com ele estreia também a nova linguagem de design da marca.

Os planos de produção deste roadster 100% elétrico estão mais que confirmados. Contudo, só o deveremos ver chegar ao mercado europeu no verão de 2024.

“A nossa intenção foi a de criar um roadster completamente novo, preparado para uma nova geração de condutores de automóveis desportivos e que marcasse o início de um novo e ousado capítulo para a MG.”

“O objetivo do Cyberster passou por incluir um design que respeitasse o ilustre passado da marca e que trouxesse de volta a sua linhagem de modelos mais desportivos, ao mesmo tempo que também deveria ser bastante moderno e de acordo com a imagem da MG nos dias de hoje, totalmente em sintonia com uma rápida transição para automóveis 100% elétricos”.

Carl Gotham, Diretor de Design Avançado do estúdio de design Marylebone da empresa em Londres

As linhas do novo Cyberster e a ligação à herança da MG no mundo dos roadsters, é visível através das proporções — capô longo, frente baixa, posição de condução recuada — e das suas linhas curvilíneas, mas vincadas.

O aspeto mais original deste novo roadster são, sem dúvida, as portas de abertura vertical e o desenho da secção traseira com uma assinatura visual mais original, reminiscente da Union Jack, a bandeira britânica. Ainda não há imagens oficiais do interior.

Capota de lona para o Cyberster

Quase duas toneladas

Como já tínhamos referido no artigo da «fuga de imagens», este MG Cyberster é bastante maior do que outros roadsters do passado da marca. São 4,53 m de comprimento, 1,91 m de largura e uma altura de 1,33 m, sendo muito maior que um Mazda MX-5 e suplanta até o Porsche 718 Boxster.

Sendo elétrico, também reflete-se na sua massa: praticamente duas toneladas! Não sabemos qual a capacidade da bateria, mas será, com certeza, a grande «culpada» dos 1985 kg do Cyberster.

Os 1985 kg correspondem à versão de dois motores e tração integral — uma estreia absoluta nos roadsters da MG —, que entregam um total de 400 kW (544 cv) de potência.

Há também uma versão de um só motor, colocado sobre o eixo traseiro, com 231 kW (314 cv). É mais ligeira, mas mesmo assim, anuncia 1850 kg.

Resta agora esperar a chegada ao mercado do MG Cyberster em 2024, e averiguar as suas competências dinâmicas e experiência de condução.

Sabe esta resposta?
Em que ano foi oficialmente revelado o Volkswagen Golf R32?
Ler artigo completo