Ministra da Justiça lamenta morte do conselheiro Alberto Sampaio da Nóvoa

5 meses atrás 88

01 jan, 2023 - 21:38 • Lusa

Na área da justiça, Alberto Sampaio da Nóvoa foi ajudante do Procurador-Geral da República e participou na instalação da Provedoria de Justiça, onde foi coordenador, desde 1976. .

A ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro, lamentou hoje a morte do juiz conselheiro Alberto Sampaio da Nóvoa, ex-presidente do Supremo Tribunal Administrativo, ocorrida no sábado.

"Neste momento de pesar, Catarina Sarmento e Castro endereça à família e amigos as mais sentidas condolências", lê-se num comunicado do Ministério da Justiça.

Na área da justiça, Alberto Sampaio da Nóvoa foi ajudante do Procurador-Geral da República e participou na instalação da Provedoria de Justiça, onde foi coordenador, desde 1976. .

Em 1978, foi nomeado juiz conselheiro do Supremo Tribunal Administrativo.

Em 1993, Alberto Sampaio da Nóvoa foi escolhido para vice-presidente do Supremo Tribunal Administrativo, sendo eleito no mesmo ano presidente do tribunal, onde exerceu funções até à sua jubilação, em 1997.

O velório de Alberto Sampaio da Nóvoa decorre hoje na Igreja Paroquial de Santo António, em Nova Oeiras, e o funeral está marcado para as 11:00 na segunda-feira, no crematório de Barcarena. .

Destaques V+

Ler artigo completo