Ministro das Finanças refuta diferendo com Banco de Portugal sobre garantia do crédito

1 semana atrás 45

Miranda Sarmento disse que o Governo encontra-se a finalizar a portaria que regulamenta a medida.

O ministro das Finanças disse, esta quarta-feira, que não existem diferendos com o Banco de Portuga, sobre a garantia pública à compra de primeira habitação por jovens, e acrescentou que a tutela est+a  a terminar a portaria que regulamenta a medida.

Miranda Sarmento disse que estão a “terminar os trabalhos da portaria” e assegurou que “não há nenhum diferendo com Banco de Portugal” e que o supervisor da banca está envolvido no processo, tendo já havido reuniões técnicas entre o Ministério das Finanças e o Banco de Portugal.

O governante está, esta quarta-feira, a ser ouvido na Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública (Cofap), onde referiu que “a decisão da forma como a regulamentação é feita compete ao Governo”, mas que este processo decorre “sempre em auscultação com o regulador”.

Ler artigo completo