Não se demite. Boris Johnson recusa apelo dos seus ministros

1 mes atrás 18

06 jul, 2022 - 22:01 • Lusa

Pelo menos 32 membros do governo britânico demitiram-se nas últimas horas.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, recusou apelos de alguns dos seus ministros a que se demita, de acordo com os meios de comunicação social britânicos.

Num encontro esta noite, uma delegação de ministros tentou persuadir Boris Johnson a demitir-se, o que foi rejeitado pelo primeiro-ministro, que disse querer ficar no cargo para se concentrar nas "questões extremamente importantes" que o país enfrenta, segundo uma fonte do executivo citada pela Sky News.

Johnson está sob intensa pressão devido a uma série de demissões nas últimas 24 horas, que forçaram uma remodelação da equipa governamental.

Depois da demissão dos ministros das Finanças e Saúde na terça-feira, cinco secretários de Estado anunciaram esta tarde numa carta conjunta que iam deixar o governo do Partido Conservador, elevando para pelo menos 32 o número de membros do governo britânico que se demitiram nas últimas horas.

O primeiro-ministro britânico afirmou hoje existir suficiente "talento" na bancada parlamentar do Partido Conservador para substituir os membros do Governo demissionários.

Ler artigo completo