Nápoles vence na Juventus nos descontos e já sente o título em Itália

10 meses atrás 188

Num jogo muito emotivo, e minutos depois do VAR ter anulado um tento à Juventus, que esta semana impediu o Sporting de chegar às meias-finais da Liga Europa, o jovem avançado concluiu, com um remate de primeira, na área, um cruzamento da direita, que valeu três pontos que praticamente sentenciam o campeonato, que pode ser assegurado já na próxima jornada.

Os festejos, efusivos, dos futebolistas e equipa técnica com os adeptos que se deslocaram a Turim já teve odor a festa do título, alcançado somente em 1987 e 1990, ambos sob a batuta de Diego Armando Maradona, o ídolo da cidade.

O Nápoles, que hoje não teve o português Mário Rui, lesionado, soma agora 78 pontos, mais 17 do que a Lázio, que sábado perdeu, em casa, 1-0 com o Torino, enquanto a Juventus fecha o pódio, com menos dois, ao totalizar 59 após a sua terceira derrota consecutiva no campeonato.

A Roma de José Mourinho tem 56 pontos e pode colar à ‘vecchia signora’ caso segunda-feira vença na visita à Atalanta.

Horas antes, um ‘bis’ de Rafael Leão permitiu ao AC Milan impor-se por 2-0 na receção ao Lecce, já depois do rival Inter Milão ter vencido por 3-0 em Empoli.

O AC Milan é quinto, com 56 pontos, enquanto o Inter é sexto, com 54, cinco de avanço para a Atalanta.

Rafael Leão foi um dos portugueses em destaque hoje na Série A, depois de Dany Mota também ter contribuído com um tento para o triunfo por 3-2 do Monza sobre a Fiorentina, ajudando o AC Milan a igualar a Roma no quarto lugar, o último de acesso à Liga dos Campeões da próxima época.

Ler artigo completo