No novo Banzé, em Lisboa, servem-se petiscos ao longo de todo o dia

3 meses atrás 61

No novo lisboeta Banzé, com cozinha aberta fora de refeições, cabe a petiscaria tradicional e a criativa. À mesa chegam tanto as amêijoas à Bulhão Pato e as gambas ao alho como o pica-pau do mar e prego de polvo.

Numa boa mesa portuguesa que se preze, alegria, folia e barulho são sempre bem-vindos. Afinal, muita da nossa cultura se faz de talher numa mão e copo na outra. É imbuído neste espírito que surge o Banzé na Petiscaria, novo restaurante situado entre Saldanha e Picoas que aposta nos petiscos para partilhar sem horários, à refeição ou fora desta, já que a cozinha do chef Bruno Rodrigues não encerra.

Na carta, há propostas mais clássicas e fiéis ao receituário da petiscaria nacional, mas também outras reinventadas, ou “brincadeiras”, como lhes chama o chef, que já passou por casas como o Tavares (na altura, com Avillez), o Cais da Pedra de Sá Pessoa, os lisboetas Okah e Erva e o parisiense restaurante do Hotel Le Meurice (do chef Yannick Alléno, então com três estrelas Michelin). “A ideia é criar uma carta volátil e sazonal, que não seja estanque na estação. Uma carta descontraída que corra as regiões de Portugal, com elementos internacionais”, conta Bruno.

No Banzé, servem-se petiscos variados das 12h às 00h. (Fotos: DR)

Da finger food a propostas mais encorpadas, a carta é eclética e mistura petiscos tradicionais e outros mais criativos.

As amêijoas à Bulhão Pato (12,50€), as gambas ao alho (6€), os ovos mexidos com farinheira (7€) e as pataniscas de bacalhau (5€) são alicerces da faceta tradicional do Banzé, mas marca-se também a diferença com pratos como a salada de polvo (aqui com creme de alho, gengibre e vinagre de kimchi, 7€); o pica-pau do mar (corvina braseada, lingueirão, mexilhão, alface do mar e creme de marisco, 12€); o prego de entremeada de leitão e o prego de polvo; o bitoque de lavagante com ovo a baixa temperatura (15€); ou o bife à Banzé (maturado durante 30 dias, 13,50€).

O novo restaurante de Lisboa fica situado em Picoas.

Da cozinha aberta para a sala saem ainda petiscos como o tártaro de cavala com uma marinada picante; as migas de morcela; o Brás de alho francês; e a canja de capão. Destaque ainda para a charcutaria, com presunto de Chaves, e os queijos da Ilha de São Jorge e o Terrincho Velho DOP. Na esplanada ou no interior, com um teto decorado com plantas e pipas de vinho presas, provam-se ainda três dezenas de vinhos com representatividade nacional e os cocktails da casa, batizados com um toque de humor, como é o caso do Bee’toque (whisky, bacon, mel, especiarias, vinho Madeira) e o Margarida da Ribeira (tequila, citrinos, gengibre, hortelã da ribeira).

Os cocktails de autor são batizados com um toque de humor.

Partilhar

Mapa da ficha ténica

Morada

Rua Tomás Ribeiro, 41, Lisboa

Horário

Das 12h às 00h. Não encerra.

Custo

() Preço médio: 25 euros.



GPS

Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245

Ler artigo completo