O maior erro do Google Maps de 2024 já foi corrigido

1 mes atrás 62

A Google deu ouvidos aos utilizadores e finalmente corrigiu um dos bugs que estava a causar dores de cabeça a muita gente. A aplicação Google Maps acaba de ser atualizada com uma dessas correções, e vai fazer respirar uma série de utilizadores que utilizavam a opção de introduzir vários destinos nas suas rotas para as completar.

O que é que se passava?

Se usou esta funcionalidade durante 2024, saberá que teve um desempenho praticamente inútil. De facto, embora pudesse ser bem configurada, no final não funcionava e demorava o dobro do tempo a obter uma rota válida.

Esta funcionalidade do Google Maps, que permite incluir vários destinos nas viagens, selecionar automaticamente a melhor rota e validar localizações, não estava a funcionar. Podia ser configurada com um máximo de 9 paragens, mas quando se chegava à primeira, a aplicação bloqueava, não a removia da lista e era necessário repor a rota.

De acordo com fóruns como o Reddit, o problema é generalizado e está presente na aplicação Google Maps há meses. Na verdade, é considerado por muitos utilizadores da funcionalidade o pior bug da aplicação em 2024.

Google Maps

Bug do Google Maps corrigido, finalmente

O Google Maps acaba de lançar uma atualização que corrige o bug e o neutraliza. Por outras palavras, a funcionalidade volta a funcionar normalmente e não precisa de se preocupar em ter de passar muito tempo a configurar tudo para depois descobrir que não funciona. Basta instalar a versão 11.131.0102 a partir no Google Play.

E, caso se esteja a perguntar, este problema estava a afetar apenas os utilizadores de Android. No iOS, o Google Maps nunca registou este problema e a opção é perfeitamente utilizável.

Embora esta atualização tenha servido apenas para corrigir bugs, existem outras atualizações pendentes que irão alterar a forma como o GPS é utilizado. Nas últimas semanas, o Google Maps anunciou várias alterações importantes que deve ter em conta se utiliza a aplicação regularmente:

Novo histórico de localização. O Google Maps está a alterar a forma como acede à sua cronologia. A partir de 1 de dezembro de 2024, esta secção só será visível a partir da aplicação e deixará de estar presente no website do serviço. Pesquisas com IA. A Google também integrou uma funcionalidade muito interessante baseada em inteligência artificial. Esta permite efetuar pesquisas muito mais precisas para encontrar locais de interesse, como restaurantes, bares, monumentos ou locais a visitar. Resumos de IA. Também baseada em inteligência artificial, esta funcionalidade cria resumos com as melhores fotografias e informações dos comentários mais relevantes para lhe dar uma cronologia de uma cidade específica ou recomendar um guia turístico avançado. Mapas 3D. Por fim, o Google Maps também está a integrar os seus mapas 3D, que são uma versão mais sofisticada e útil do visual tradicional, em grande parte do globo. Se já utilizou o Google Maps num iPhone, sabe do que estamos a falar.

Leia também:

Ler artigo completo