Porque é que os iPhones não têm um botão para fechar todas as aplicações?

1 mes atrás 32

Os utilizadores de iPhone estão habituados a fechar todas as aplicações em segundo plano uma a uma, o que pode tornar-se entediante. Isto fez com que as pessoas se perguntassem porque é que a Apple não adiciona um botão para fechar todas as aplicações semelhante ao que se encontra em muitos dispositivos Android. Trazemos-lhe hoje a resposta.

O iOS adota uma abordagem diferente à gestão de aplicações

A Apple acredita que os utilizadores não devem ter de se preocupar com a otimização da bateria e a atribuição de memória RAM. Essas coisas devem ser tratadas automaticamente. O Android coloca mais controlo nas mãos dos programadores e dos utilizadores, o que pode parecer apelativo, mas cria rapidamente confusão.

Quais as aplicações que estão otimizadas para funcionar em segundo plano e quais as que vão destruir a bateria? Que aplicações limparão a memória RAM depois de ficarem inativas e quais continuarão a ocupar memória RAM apesar de não serem utilizadas durante dias?

Isto cria uma experiência inconsistente e não otimizada e coloca a responsabilidade da gestão das aplicações e da bateria nos utilizadores, razão pela qual estes têm de fechar regularmente as aplicações em segundo plano para poderem ter a certeza de que a bateria não está a ser gasta desnecessariamente.

Por outro lado, a Apple considera que esta é uma forma ridícula de gerir o seu sistema operativo, pelo que concebeu o iOS para limpar automaticamente a RAM das aplicações em segundo plano e colocá-las num modo de consumo de energia muito baixo, não consumindo praticamente nenhuma energia da bateria.

A Apple também impõe estes comportamentos a aplicações de terceiros, proporcionando uma experiência consistente e eficiente aos utilizadores. Por isso, se tiver um iPhone e estiver sempre a fechar todas as aplicações em segundo plano, está a anular muitos dos benefícios de eficiência do iOS e a gastar mais bateria no processo, uma vez que as aplicações têm agora de passar por um processo de "relançamento" intenso em termos de energia sempre que são abertas.

Por isso é que a Apple não adiciona um botão para fechar todas as apps

Se o fizesse, não traria qualquer benefício para o utilizador. De facto, a única altura em que deve fechar manualmente uma aplicação é quando esta não responde ou não está a funcionar corretamente.

É importante mencionar que existe uma vantagem na abordagem do Android à gestão de aplicações, que tem que ver com o multitasking. Se alguma vez regressou ao Safari depois de utilizar outras aplicações, poderá ter reparado que ele recarrega a página web que já tinha aberta.

Isso acontece porque o iOS esvaziou automaticamente a memória RAM desse website. Os dispositivos Android normalmente não o fazem, o que significa que não teria de esperar que o website fosse recarregado. Por isso, embora possa ser satisfatório deslizar para cima e fechar todas as suas aplicações, não é algo que deva fazer se quiser maximizar a duração da bateria.

Leia também:

Ler artigo completo