Presidente da Câmara do Funchal pede união entre privado e público para encontrar soluções para o emprego

1 semana atrás 14

Na abertura do Fórum de Emprego da Câmara Municipal do Funchal, o presidente da autarquia, Pedro Calado, considerou necessário que as entidades, públicas e privadas, devem estar unidas, “olhando de frente os problemas” e pensando com “optimismo e fora da caixa” nas soluções para o problema do emprego.

Pedro Calado sublinhou que um dos principais objetivos do Fórum Emprego foi privilegiar o contacto direto entre a oferta e a procura, “numa espécie de desburocratização”.

O autarca salientou que entre as principais questões ligadas ao emprego está a “escassez de mão-de-obra, isto face às ofertas de emprego em algumas áreas, os salários e os horários, bem como o teletrabalho”.

No 1º Fórum de Emprego, que decorre até sábado, estão sete mesas de recrutamento, com a participação de várias empresas, que, entre as 09h00 e as 17h30, recebem as pessoas interessadas em conhecer as ofertas de emprego.

Ler artigo completo