"Se dissesse que tenho medo do Real Madrid, estaria a mentir"

1 mes atrás 31

Manchester City e Real Madrid vão discutir, esta terça-feira, um lugar nas meias finais da Liga dos Campeões, no Etihad, depois de o encontro da primeira mão dos 'quartos', disputado no Santiago Bernabéu, ter terminado num empate a três bolas.

Na habitual conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os merengues, o treinador dos campeões europeus em título, Pep Guardiola, teceu-lhes rasgados elogios, sobretudo, devido ao longo historial de sucesso na prova milionária. No entanto, sublinhou, não há motivos para ter "medo".

"Não, não tenho medo deles. Mas respeito-os muito. Defrontei-os várias vezes. Não vou dizer grandes coisas sobre eles e dar-vos a minha opinião. Respeito o Real Madrid. E, se dissesse que tenho medo deles, estaria a mentir", afirmou.

"Há uma rivalidade. Queremos vencer e jogar bem. Por vezes, ganhas, e, por vezes, perdes. Quero que estejamos o melhor possível e que sejamos nós mesmos", prosseguiu, em declarações reproduzidas pela estação televisiva britânica BBC Sport.

"Se não conseguirmos sê-lo, não interessa, mas não tenho medo deles, e, se me derrotarem, tal como já aconteceu, em diversas vezes, vamos dar-lhes os parabéns e desejar-lhes o melhor", completou o técnico dos citizens.

Leia Também: Bernardo Silva explica inconsistência do Manchester City com... "ressaca"

Ler artigo completo