Rock in Rio regressa em 2026 e muda-se definitivamente para o Parque Tejo

3 semanas atrás 50

O Rock in Rio Lisboa vai regressar em 2026, novamente no Parque Tejo, para onde o festival se muda definitivamente, foi este domingo anunciado.

O anúncio foi feito numa conferência de imprensa, onde marcaram presença Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, e Carlos Moedas, presidente da Câmara de Lisboa. 

A organização justifica a mudança oficial da Cidade do Rock para o Parque Tejo com um estudo, realizado pela Multidados, no qual 70% dos participantes consideraram melhor a transição da Bela Vista para o Parque Tejo, num universo de 1200 participantes. Segundo um comunicado, este estudo apresenta uma margem de erro de 3,99% e grau de confiança de 95%. 

A organização fala ainda de uma edição histórica, com mais de 300 mil pessoas, 14.500 credenciados e três de quatro dias esgotados.

Recorde-se que, após o primeiro fim de semana do evento, o Portal da Queixa veio revelar que as queixas sobre a décima edição do festival tinham disparado 97% face à totalidade da edição de 2022, relacionadas, essencialmente, com problemas com os bilhetes, com a falta de organização, má qualidade do som e falta de resposta na alimentação. Face ao sucedido, a organização do Rock in Rio Lisboa admitiu alguma falhas e decidiu fazer alguns ajustes para este fim de semana.

O 10.º Rock in Rio Lisboa termina este domingo, dia em que a 'cidade do rock' tem lotação esgotada.

No Palco Mundo irão atuar Aitana, Ne-Yo, Camila Cabello e Doja Cat.

Nos outros palcos atuarão, entre outros, Pedro Sampaio, Luísa Sonza, Anselmo Ralph, ProfJam, MC Cabelinho, Veigh e April Ivy.

Leia Também: Dos Jonas Brothers à 'poeira' de Ivete (e da bola). O 3.º dia do RiR

Ler artigo completo