Twitter: Elon Musk faz ultimato e diz que “o escritório não é opcional”

11 meses atrás 85

Elon Musk continua ser notícia pela forma como está a liderar o Twitter. Depois de centenas de despedimentos, de equipas desmembradas e outras extintas, agora faz um ultimato aos trabalhadores relembrando-os das políticas de trabalho dentro da empresa.

 TechCrunch

Elon Musk terá enviado um e-mail à equipa do Twitter na quarta-feira para lembrá-los sobre as políticas de trabalho remoto da empresa. A notícia foi avançada por Zoë Schiffer, editora-chefe da Platformer, que deixou um tweet a indicar que Elon Musk referia no e-mail que "o escritório não é opcional".

O proprietário do Twitter terá dito ainda na comunicação que a sede da empresa em San Francisco estava "meio vazia", o que terá motivado o envio do email. Contudo, talvez o magnata se tenha esquecido que já demitiu da empresa cerca de 1300 funcionários, desde que assumiu os comandos do Twitter, segundo avança a CNBC. Portanto, ter o escritório "meio vazio" não será de estranhar.

O pedido de resposta ao Twitter também parece não ser solução para perceber se este email foi mesmo enviado e se o trabalho no escritório é encarado mesmo como algo obrigatório. Há poucos dias Elon Musk, que já extinguiu o departamento de comunicação e não existe um porta-voz do Twitter oficial (além do próprio Musk), veio dizer que os emails que haviam sido enviados para a conta de imprensa da empresa iam ser todos respondidos... mas com um emoji de cocó 💩.

[email protected] now auto responds with 💩

— Elon Musk (@elonmusk) March 19, 2023

Esta declaração surge como uma forma clara de demonstração do desrespeito que o magnata tem pela imprensa, de uma forma geral.

Ler artigo completo