UE debate situação económica da moeda única

3 semanas atrás 34

Na agenda da reunião do Luxemburgo, lê-se que “o Eurogrupo procederá a uma troca de pontos de vista sobre o papel internacional do euro, com base na análise anual do BCE”.

O FMI apresentará a sua análise das políticas da área do euro, devendo seguir-se-lhe uma declaração e, além disso, os ministros continuarão a debater a competitividade da zona euro, centrando-se na política industrial”, refere o documento.

Portugal estará representado pelo ministro das Finanças, Joaquim Miranda Sarmento, enquanto pelo FMI estará a diretora-geral, Kristalina Georgieva, que foi recentemente reconduzida no cargo.

Georgieva deverá transmitir uma “imagem prudentemente otimista” das perspetivas da zona euro, segundo fontes europeias, numa altura em que o FMI e a Comissão Europeia estimam um crescimento modesto do PIB em 2024, projetando ainda que a inflação continue a diminuir e que o mercado de trabalho na área da moeda única permaneça robusto.

O debate surge um dia depois de, no âmbito do pacote de primavera do Semestre Europeu (quadro anual europeu de coordenação das políticas orçamentais), a Comissão Europeia ter anunciado que, após 10 anos, Portugal deixou de registar desequilíbrios macroeconómicos devido à “redução das vulnerabilidades relacionadas com a elevada dívida privada, pública e externa, que deverá continuar a diminuir”.

Ler artigo completo