UE. Rutte refere consenso em torno dos nomes para cargos de topo

3 semanas atrás 48

"Para já, há um consenso emergente em torno dos nomes [para presidente da Comissão Europeia e do Conselho Europeu, bem como para a chefia da diplomacia da UE], o que é positivo", afirmou.

Em declarações aos jornalistas, Rutte referiu que "os líderes da UE vão discutir no jantar informal hoje um pacote [de nomes], mas só deverão decidir na próxima semana", na reunião formal do Conselho.

Em vias de ser substituído na liderança do governo de Haia pelo líder da extrema-direita, Geert Wilders, Rutte referiu ainda que no que respeita à política externa, o programa de governo se mantém inalterado.

Os líderes da União Europeia (UE) -- incluindo o primeiro-ministro, Luís Montenegro -- reúnem-se hoje à noite num jantar informal em Bruxelas para debater o próximo ciclo institucional, uma semana depois das eleições europeias, que deram a vitória ao Partido Popular Europeu (PPE), seguido dos Socialistas e Democratas (S&D) e dos liberais do Renovar a Europa.

O ex-primeiro-ministro António Costa (S&D) é um dos nomes apontados para substituir Charles Michel na presidência do Conselho Europeu para o próximo mandato de dois anos e meio.

O pacote inclui Ursula von der Leyen (PPE) para um novo mandato à frente da Comissão Europeia e a primeira-ministra da Estónia, Kaja Kallas (Liberais), para alta representante para a Política Externa da UE, além da recondução de Roberta Metsola para uma das partes do mandato no Parlamento Europeu.

À reunião de hoje, segue-se, em 27 e 28 de junho, uma cimeira informal.

Leia Também: Conselho Europeu inicia discussão sobre cargos de topo que envolve Costa

Ler artigo completo