Uma caldeirada de peixe para Jorge Andrade contar a sua história

8 meses atrás 132

Jorge Andrade conta tudo durante a performance. Há cinco anos, após uma apresentação no Porto de Moçambique, espectáculo da sua Mala Voadora, o actor e encenador estava na fila para o bar e foi abordado pelo desconhecido que estava à sua frente. Questionado se já tinha ido à Austrália, o co-fundador (com José Capela) da Mala Voadora podia estar apenas a embarcar numa simpática conversa de circunstância com um espectador australiano; mas Xan Colman, que ali “metia conversa”, enquanto não chegava a sua vez de fazer o seu pedido ao balcão, havia de manifestar a vontade em ter Jorge Andrade na sua série Dining Room Tales – projecto em que convida um(a) artista a criar uma pequena performance decorrida durante a preparação de uma refeição partilhada com o público, em que o/a convidado/a discorre num contexto de alguma informalidade sobre a sua prática criativa.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para [email protected].

Ler artigo completo