WhatsApp adiciona funcionalidades para aumentar privacidade

1 mes atrás 21

A WhatsApp anunciou uma série de novidades que se destinam a garantir uma maior privacidade dos utilizadores e que devem chegar nos próximos tempos às versões mobile e PC da plataforma. A empresa descreve-as como “camadas adicionais” para proteger as comunicações dos utilizadores.

Em primeiro lugar, os utilizadores vão poder, já a partir deste mês, ocultar o seu estado online, definir quais os contactos que podem saber se estão online ou não, trocando este ‘privilégio’ sempre que quiserem.

Depois, a empresa está também a testar o bloqueio de capturas de ecrã para mensagens temporárias. Estas mensagens são enviadas com um prazo limite, findo o qual são eliminadas ou destinam-se a serem vistas apenas uma vez e depois são apagadas. Agora, a WhatsApp quer incluir um mecanismo que evita que o utilizador que recebe a mensagem consiga fazer uma captura de ecrã. Este bloqueio ainda está em fase experimental e a plataforma anuncia que deve chegar “em breve” ao mercado, noticia o Tech Crunch. Ainda assim, é conveniente lembrar que o destinatário pode sempre tirar uma fotografia com outro telemóvel, pelo que as mensagens podem não ser eliminadas de forma permanente após a visualização.

Por último, os utilizadores vão poder sair de forma discreta de grupos, sem que a sua saída seja anunciada para todos os membros. Somente os administradores dos grupos recebem essa indicação.

Noutro sentido, a empresa revelou hoje também que a opção de cancelar o envio de uma mensagem foi alargada, tendo o utilizador até 60 horas para a apagar, caso se arrependa ou se engane. Até aqui, o prazo máximo era de uma hora, oito minutos e 16 segundos. Inicialmente lançada em 2017, a opção permitia, no início, anular o envio e apagar o conteúdo apenas nos primeiros sete minutos após a emissão. O prazo foi sendo dilatado e agora chega aos dois dias e meio, ou seja, as tais 60 horas.

As últimas tendências sobre tecnologia, todos os meses, na Exame Informática. Torne-se assinante e receba mais 6 meses grátis.

ASSINE JÁ

Ler artigo completo