ANTEVISÃO| Sporting recebe gigante romeno na EHF European League

1 semana atrás 29

É, provavelmente, um dos jogos de maior cartaz deste dia da EHF European League: o Sporting recebe o CS Dinamo Bucuresti, gigante romeno que é um dos maiores candidatos a vencer a prova. Qualidade não falta...

Após a paragem para seleções, aliás, anunciaram a chegada de André Gomes, lateral português que estava no Al-Safa, da Arábia Saudita. Junta-se, por exemplo, a Lazar Kukic, central sérvio que representava o Benfica e que é uma das grandes figuras desta equipa orientada por Xavier Pascual.

Defrontaram-se em 2020 e os romenos levaram a melhor @EHF European League

No que toca ao conjunto leonino, que só sabe vencer no Campeonato Placard Andebol 1, também está com a moral em alta: no regresso da competição derrotaram o AC Fafe (para a Taça de Portugal), Vitória FC e Belenenses, sempre com exibições convincentes para continuar um trajeto marcado por triunfos (12 consecutivos).

A Main Round da prova começa aqui e a tarefa não se afigura fácil: CS Dinamo Bucuresti, CSM Constanta e Fuchse Berlin constituem o Grupo IV. Uma equipa passa diretamente para os quartos-de-final, enquanto o segundo e terceiro classificado partem para play-offs. O sonho europeu recomeça no Pavilhão João Rocha.

Ricardo Costa em discurso direto

Os últimos jogos e o próximo adversário: «Tínhamos responsabilidade de ganhar e foram três bons jogos para nós [AC Fafe, Vitória FC e CF Os Belenenses], com margens dilatadas no marcador. Contudo, sabemos que esta equipa que vamos ter pela frente é completamente diferente. Vão-nos fazer sofrer e passar por maus momentos no jogo. Também vamos tentar colocar muitas dificuldades ao Dinamo București, uma equipa muito experiente e com muitos jogadores de EHF Champions League. Têm mais qualidade no ataque do que na defesa. Para ganhar a uma equipa como esta temos de estar muito bem na defesa, temos tentado incutir esse espírito desde o regresso depois da paragem.»

Principais qualidades: «O Dinamo Bucuresti tem jogadores com características parecidas às que gostamos na forma de atacar. As equipas são parecidas nas ideias e no modelo de jogo. Acho que vai ganhar a equipa que melhor defender, tanto na percentagem de defesas dos guarda-redes, que são sempre importantes nestes jogos, como no nível defensivo. Temos de conseguir parar o ataque deles, porque jogadores como o Luka Cindrić, Lazar Kukić ou Ali Zein gostam de marcar, normalmente, sete, oito, nove ou dez golos. Têm um tiro muito fácil e temos de ter um nível alto.»

SPORTING

EMPATE

CS DINAMO BUCURESTI

Ler artigo completo