Como vão ser os smartphones no futuro?

3 semanas atrás 56

Os smartphones estão em constante evolução. Muito já caminhou e muito mais caminho há pela frente. Atualmente, a tecnologia de Inteligência Artificial está a ser incluída nos terminais, mas há outras novidades que, num futuro próximo, vão redefinir a forma como interagimos com os dispositivos. Estas são algumas das tendências que podem definir como vão ser os smartphones do futuro.

Modelos dobráveis podem ganhar mais espaço no mercado

imagem alusiva a um smartphone com Inteligência Artificial Legenda

Nos últimos anos, os smartphones dobráveis com a sua capacidade de transformarem dispositivos compactos em terminais com ecrãs generosos têm atraído muitas atenções, mas o seu preço elevado leva a que muitos utilizadores hesitem nesta aquisição.

Mas se o atual valor destes modelos registar uma queda, este segmento de mercado pode crescer de forma significativa. E a tendência é que, no futuro, graças à evolução da tecnologia, o custo de produção – e consequentemente preço final de venda ao público – desça para valores mais acessíveis.

Por outro lado, espera-se também uma evolução significativa no sistema de dobradiças e na interface destes modelos que podem fazer desaparecer o vinco no ecrã e fornecer uma navegação mais intuitiva.

Integração biométrica

Reconhecimento facial e leitores de impressões digitais são funcionalidades já comuns. Mas a integração biométrica pode ir ainda mais longe.

Por exemplo, no futuro, poderá ser possível desbloquear um smartphone com a impressão da palma da mão ou, melhor, através do reconhecimento do estado emocional por meio de uma análise ao fluxo sanguíneo facial.

As possibilidades são muitos, mas é quase garantido que no futuro, os smartphones vão contar com vários sensores biométricos embutidos no ecrã que, não só vão melhorar a estética, como também vão permitir um desbloqueio muito mais personalizado, rápido e fácil.

Design e modelos mais sustentáveis

O impacto ambiental da indústria dos smartphones é uma preocupação e os próprios utilizadores estão cada vez mais conscientes da fragilidade do planeta. É inevitável que no futuro, os materiais usados nos smartphones sejam mais sustentáveis, do ponto de vista ambiental.

Por outro lado, espera-se que as marcas prolonguem também a vida útil dos modelos através de atualização de software – a Samsung e Google já estão a trilhar esse caminho.

Outra das novidades que pode chegar no futuro é a possibilidade de substituir componentes, como por exemplo, a bateria e a câmara, para que os smartphones durem mais um par de anos e não se transformem em lixo eletrónico em tão pouco tempo.

Inteligência Artificial também no futuro

A tecnologia de Inteligência Artificial veio para ficar. É esperado que, no futuro, consiga proporcionar experiências ainda mais personalizadas e, claro, inteligentes.

Alguns especialistas de mercado avançam que, graças a esta tecnologia, os smartphones do futuro podem antecipar as necessidades do utilizador, funcionar como assistentes pessoais de saúde e até integrarem na perfeição na futura casa inteligente.

Em resumo, o futuro promete smartphones centrados na experiência do utilizador e que vão ser uma autêntica central de convergência entre várias tecnologias.

Ler artigo completo