G7 determinado em aumentar sanções contra Rússia

3 semanas atrás 55

Na sua reunião em Itália, o G7 (grupo dos países mais industrializados do mundo) decidiu colocar o foco nas receitas energéticas da Rússia e nas suas capacidades de extração, segundo um documento a que a Agência France Presse (AFP) teve acesso.

A união Europeia (UE) já lançou 13 pacotes de sanções contra a Rússia.

Em marcha está um novo pacote que irá visar o gás natural liquefeito (GNL), proibindo a sua transferência, via UE, para países terceiros.

De acordo com o mesmo documento, os ministros das Finanças do G7 concordaram ainda em opor-se às tentativas de fugir ou contornar as sanções.

A ofensiva militar russa no território ucraniano, lançada em 24 de fevereiro de 2022, mergulhou a Europa naquela que é considerada a crise de segurança mais grave desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Ler artigo completo