Passeio da Fama reconhece sacrifícios de lusodescendentes no Canadá

3 semanas atrás 59

"Não é para reconhecer sucesso, não vamos confundir. Isto é para reconhecer simplesmente exemplos de lusodescendentes que realmente se destacaram num país estrangeiro, que vieram para cá, não se esqueceram da sua cultura, mas trabalharam dentro do país e realmente temos que reconhecer os sacrifícios que tivemos de fazer", afirmou Manuel da Costa.

O empresário sublinhou que os imigrantes, ao chegarem ao Canadá, tiveram pela frente vários desafios, incluindo a integração na sociedade canadiana, o processo de educação e depois atingirem um "certo patamar".

O Passeio da Fama para Luso-Canadianos foi inaugurado no dia 02 de junho de 2013, está localizado na Praça Camões, junto à College Street, em Toronto, sendo reconhecidos anualmente quatro membros da comunidade, incluindo, este ano, um grupo musical universitário.

"No total já foram homenageadas 37, 38 pessoas, mas ainda temos um milhão para reconhecer. E por isso temos muitos anos para reconhecermos os lusodescendentes que estão realmente a fazer uma diferença neste país", acrescentou.

Foram reconhecidos, na edição de 2024, o economista chefe do 'The Conference Board of Canada' Pedro Antunes, a investigadora do hospital para Crianças Doentes de Toronto Nancy Silva Gagliardi e o empresário do ramo da comunicação social Frank Alvarez. A  Luso-Can Tuna foi reconhecida com o título 'Builder' (construtor).

Pedro Antunes está no 'The Conference Board of Canada' desde 1991, um 'think tank' não-governamental de análise financeira sem fins lucrativos.

Nancy Silva Gagliardi, com um doutoramento de biologia molecular pela Universidade de York, é gestora de programas do departamento de operações de investigação de um hospital pediátrico de Toronto.

O empresário Frank Alvarez, no Canadá desde 1967, fundou a rádio CIRV FM e a televisão FPTV, órgãos de comunicação social importantes na promoção da cultura portuguesa no Canadá.

A Luso-Can Tuna, a celebrar este ano o 26.º aniversário, é a única tuna académica portuguesa na América do Norte.

"É disso que Portugal tem de estar orgulhoso, do povo, dos imigrantes, que conseguem chegar a ocasiões como estas. (....) Nós, aqui e noutros países, representamos Portugal de muitas formas", destacou Manuel da Costa.

O Passeio da Fama para Luso-Canadianos é um projeto privado do empresário.

Já figuram no Passeio da Fama para Luso-Canadianos diversas personalidades públicas e empresários, como os cantores Nelly Furtado e Shawn Desman e os jogadores de hóquei no gelo John Tavares e Drew Doughty.

De acordo com o recenseamento de 2021, residem no Canadá cerca de 450 mil pessoas de origem portuguesa.

Leia Também: Chris Hemsworth recebe estrela no Passeio da Fama e tem apoio da família

Ler artigo completo