Rui Costa e a situação de Kokçu: «Gosto ainda mais dele hoje»

3 semanas atrás 41

Rui Costa concedeu, esta quinta-feira, uma longa entrevista a um grupo de órgãos de comunicação social selecionados onde abordou a época do Benfica. Entre os vários temas discutidos, falou da situação do médio turco Orkun Kokçu, que teve declarações polémicas no decorrer da temporada.

«Se me perguntarem pessoalmente o que considero de Kökçü, digo que gosto ainda mais dele hoje do que o que gostava há um ano quando o vi. É um jogador com características fantásticas, qualidade fantástica e que não conseguiu expressar ao máximo o seu potencial. Mas acho que é inequívoco e que todos consideram que Kökçü é um jogador de nível elevadíssimo», começou por dizer, quando questionado sobre se um dos principais erros de Roger Schmidt foi o subaproveitamento do turco.

«O dinamismo da equipa, a forma de jogar da equipa não beneficiou muitas vezes as suas principais características mas isso também faz parte de todos os jogadores. E não esquecer que há aqui o aparecimento de um miúdo que acabou por se afirmar de uma forma clara, que se chama João Neves, e nós não conseguimos meter 14 jogadores em campo. Isso não invalida que estejamos perante um jogador de enormes qualidades e que tenho a certeza que terá um futuro brilhante porque tem caráter, tem carisma, tem qualidade. É um ativo do Benfica e temos todo o orgulho nisso», acrescentou.

De resto, Rui Costa tocou nessa diferença entre Kokçu a 8 e a 10: «Em relação ao Kökçü, tanto joga a 8 como a 10, são duas posições que conhece na perfeição. E naquele momento, independentemente da entrevista, não era aqui que estavam as lacuna do Benfica. As lacunas do Benfica não se prenderam com aquela posição, onde tivemos variadíssimas opções, boas e válidas. No meio-campo, a determinada altura, Schmidt encaixa Florentino e João Neves e funcionou. Rafa funcionava e era uma questão de estar a jogar quem estava melhor. Essa decisão cabe ao treinador.»

Na sua época de estreia em Portugal, Kokçu fez sete golos e 11 assistências em 43 jogos, entre todas as competições, pelo Benfica.

Ler artigo completo