‘Temos de analisar o Pedro;está a tirar o máximo partido da moto’ – Augusto Fernández

1 mes atrás 51

Augusto Fernández terminou o GP das Américas na 14ª. posição da geral. Ao contrário do seu companheiro de equipa, Pedro Acosta, tem estado com muitas dificuldades para se adaptar à nova moto da época de 24/25 e não tem estado ao nível que deseja.

O piloto da Red Bull GASGAS Tech3 espera melhorar o seu desempenho com a chegada do MotoGP à Europa. Em debrief o piloto espanhol falou sobre o fim de semana.

– ‘Foi uma corrida difícil, tive dificuldade em manter o ritmo. Temos de analisar o Pedro também, porque ele fez um trabalho incrível. Penso que a escolha de pneus dele foi melhor do que a nossa. E sim, momentos difíceis, mas estou ansioso por voltar à Europa, a Jerez; circuitos onde sei como ser rápido. Mas agora é um pouco mais fácil perceber as coisas. Perceber como é que o Pedro está a pilotar, porque ele está a andar muito bem e está a tirar o máximo partido da moto’.

Augusto Fernández admite tirar partido do desempenho do seu colega de equipa, Pedro Acosta já no próximo GP em Jerez: ‘Estou ansioso por ver o que ele consegue fazer em Jerez e tentar copiá-lo; vamos ver se consigo estar perto pelo menos nessa altura; houve uma grande diferença aqui, especialmente na corrida. O fim de semana foi um pouco melhor do que em Portimão e no Qatar em termos de tempos por volta e sectores; e senti-me mais forte. Mas na corrida não consegui gerir o ritmo. Por isso, estou ansioso por Jerez e por aprender com ele.’

Ler artigo completo