Tesla Cybertruck na Europa. Saiba porque não está disponível aqui

2 meses atrás 40

Colocar a Tesla Cybertruck no mercado europeu poderá ser um desafio ainda maior do que entregar as primeiras unidades nos Estados Unidos.

Já passaram cerca de quatro anos desde que Elon Musk nos mostrou o primeiro protótipo da Tesla Cybertruck. A adesão foi incrível e o número de pré-reservas bateu recordes, não apenas na América do Norte, mas um pouco por todo o mundo, Europa incluída.

Passados quatro anos, as primeiras unidades de produção já foram entregues, mas apenas nos EUA. Já no que diz respeito ao mercado europeu, a chegada da Tesla Cybertruck poderá demorar, mas o mais certo é nem sequer vir a acontecer.

© Tesla

Desde o formato da nova pick-up da Tesla, ao seu tamanho (bem maior que uma Ford Ranger, por ex.) e peso, entre outras questões, afastam-na do que poderá ser considerado aceitável desde lado do oceano, como a impossibilitam de cumprir certos regulamentos.

A afirmação tem origem na própria Tesla, através de um dos responsáveis pelo departamento de engenharia de veículos, em declarações à Top Gear dos Países-Baixos.

“Em primeiro lugar, o mercado das pick-up nos Estados Unidos é enorme, ao contrário da Europa. Depois, os regulamentos europeus exigem um arredondamento de 3,2 mm nas arestas dos componentes salientes. Infelizmente, é impossível fazer um arredondamento de 3,2 mm numa folha de aço inoxidável de 1,4 mm”.

Lars Maravy, vice-presidente de engenharia de veículos da Tesla

Além destas questões técnicas, há ainda o facto de a pick-up da Tesla ter uma tara superior a 3,1 toneladas (versão trimotor) e um peso bruto de 4238 kg (tara mais os 1134 kg de carga útil). Valor que classifica a Cybertruck na Europa como um veículo pesado (peso bruto superior a 3500 kg).

Isso implica que já seria necessário ter carta de condução da categoria C (veículos pesados) para a podermos conduzir legalmente.

Será a Cybertruck um fruto proibido?

Todo o hype gerado em torno da nova Tesla Cybertruck faz com que este seja um dos veículos mais desejados do momento.

A sua comercialização no mercado europeu, no entanto, nunca foi uma prioridade — as pick-up não vendem em grande número.

Tesla Cybertruck© Tesla

Apesar de tudo isto, na página portuguesa dedicada a este modelo continua a marcar presença a informação de que a Cybertruck estará disponível em 2025, mas apenas na versão de tração traseira, com um único motor elétrico e 402 km de autonomia.

Será que a Tesla irá investir na adaptação da Cybertruck para poder ser comercializada no «velho continente»?

Ler artigo completo