Vingança por "suposta ofensa verbal" causa um morto e um ferido. PJ detém suspeitos

2 meses atrás 10

Dois homens, de 29 e 22 anos, foram detidos por suspeita da prática de dois crimes de homicídio qualificado - um na forma tentada e outro na forma consumada - pelo Departamento de Investigação Criminal de Setúbal. Os suspeitos, que são irmãos, mataram um homem de 26 anos e feriram outro de 33, na noite de 5 de novembro, para "se vingarem de uma suposta ofensa verbal", revela a Polícia Judiciária (PJ) através de comunicado.

Os irmãos, "munidos de uma espingarda caçadeira", dirigiram-se a uma casa onde residiam vários cidadãos de origem indiana, tendo como objetivo vingar-se de uma suposta ofensa dirigida à mãe.

Depois de se certificarem de que existiam pessoas em casa, levantaram a persiana de uma das janelas e efetuaram dois disparos para o seu interior. Um dos projéteis atingiu no peito um dos habitantes, que teve morte imediata. Logo depois, "o suspeito que se encontrava armado dirigiu-se às traseiras da habitação e disparou contra outro indivíduo ali residente, com a clara intenção de o matar, atingindo-o no ombro esquerdo", explica a polícia.

O atirador acabou por ser desarmado, evitando assim que o número de vítimas fosse maior. Depois disso, os dois suspeitos colocaram-se em fuga.

Os detidos, que têm antecedentes criminais, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação consideradas adequadas.

Ler artigo completo